CORRESPONDENTES INTERNACIONAIS 2017

Estante em movimento

 

ABERTURA


Revestidos pela couraça do equilíbrio psíquico ou emocional, somos conscientes de que a cultura (filha dileta da sabedoria) é uma arma eficaz com a qual poderemos combater ou entender a ignorância e a fragilidade humana; por isso, nós, “Acadêmicos de uma nova era evolutiva”, após as reuniões sistemáticas apresentaremos ao país uma nova proposta em favor da sociedade (via de regra) carente de ações bem elaboradas, que possam ser sistematicamente executadas.

Grato por nos visitar!

 

 

 

CORRESPONDENTES INTERNACIONAIS 2017

WORLD PLANETEVOLUÇÃO EDITORIAL

EDIVANDA INÁCIO - EDIV

SUÍÇA - GENEBRA & LAGOA SANTA MG BRASIL

SUISSE

LAGOA SANTA MG BRASIL

CONTOS & POEMAS PARA TOCAR SEU CORAÇÃO

 

VIVER: VIVER

PLEONÁSTICA: PLEONÁSTICA

PÁSSARO SEM ASAS: PÁSSARO SEM ASAS

CONDICIONALMENTE: CONDICIONALMENTE

A VIDA HOJE EM DIA: A VIDA HOJE EM DIA

CURTA A VIDA: CURTA A VIDA

PENA DE OURO 

PÁSSARO SEM ASAS

Pombo da PAZ

Edivanda Inácio de Jesus

Outubro/2015

(Atualizado em 27/09/2016)

 

Caminho por entre caminhos de espinhos

Caminho por entre caminhos de flores

Caminho sozinho pelo caminho

Caminho, caminho, caminho.

 

Caminho feito um passarinho

Entre flores e espinhos

Sem conseguir bater asas e voar

Carinho... sozinho caminho

 

Caminho feito um passarinho

Que fugiu do seu ninho

Indo para lugar nenhum

Caminho feito um passarinho,

Sonhando em um dia bater asas e voar

Caminho, sozinho... carinho

 

Corro desviando-me dos espinhos

Faço das pétalas meu ninho

Sinto seu odores, sabores, desvarios.

 

Caminhava como um passarinho

Cansei de caminhar e...

Tornei-me um passarinho

Decidido a lançar-me no ar

 

Subo no mais alto penhasco

Mesmo sem ter coragem de olhar para baixo

Lanço-me sem saber

Se vou esborrachar-me lá embaixo

Ou se vou abrir minhas asas

 

De repente, mesmo sem asas, começo voar por entre nuvens e estrelas

No céu azul, sobre futuros verdejantes

Por entre flores e espinhos

Em forma de ventos

Sem asas, sem penas, sozinho

Pelo espaço, sozinho, vou

Sozinho, sem ninho

E assim... mesmo voando, caminho.